garoto

Foto: Reprodução / TV Record

Uma reviravolta no caso do menino Carlinhos que tinha sete anos quando foi assassinado no município de Camaçari, região Metropolitana de Salvador. A polícia prendeu o assassino, José Nilton. Na delegacia ele confessou o crime, mas afirmou que o mandante do crime foi a própria mãe de Carlinhos, Alessandra. José Nilton contou que a mãe da criança e o padrasto eram traficantes de droga, e planejavam roubar um banco. O menino teria ouvido a conversa. Para não correr riscos, a mãe contratou os serviços de José Nilton para acabar com a vida do próprio filho de sete anos. Como pagamento, Alessandra prometeu passar uma ‘noite’ com o assassino. Com informações do R7.


posse-ricardo-ribeiro

*Por Jornalista Yonélio Sayd

Em ato em que compareceu grande público foram empossados o novo prefeito Ricardinho (Ricardo Assunção Ribeiro) e a vice-prefeita Joanina Sampaio, na manhã do último domingo (1º de janeiro), na Câmara de Vereadores. Após a posse foi feita a transmissão de cargo na sede da prefeitura. Os dois eventos contaram com as presenças do empossados, além da esposa do novo prefeito, a primeira-dama Leila Ribeiro, os pais do gestor Aécio Ribeiro e dona Regina Assunção, o ex-prefeito Paulo Azevedo e a ex-primeira-dama Nete Machado, o deputado estadual Marquinho Viana, o ex-vice-prefeito e provável secretário de Saúde Gerardo Júnior, autoridades e populares. Em breve discurso, Ricardinho prometeu realizar “a melhor gestão municipal da história de Livramento” e garantiu que vai fazer todos os esforços para honrar a confiança e os votos de mais de 14 mil eleitores que foram às urnas em 2 de outubro de 2016. Pediu compreensão e paciência a todos, além de garantir que será o prefeito de todo o povo de Livramento, independente de ter sido votado. Sob aplausos e muita manifestações de populares o novo prefeito foi muito bem recepcionado, igualmente a vice-prefeita Joanina Sampaio e também a primeira-dama, Leila Ribeiro, que fez um discurso pedindo paz e união para que Ricardinho possa administrar com sabedoria e muita vontade política para fazer o melhor para todos. Após o encerramento da solenidade de transmissão de cargo foi servida uma feijoada para os presentes e a noite, na Praça Zezinho Tanajura, uma grande festa animada por bandas regionais.

15781469_1198491130206236_5901059258573560895_n

Fotos: Yonélio Sayd


politica-e-assim

O vereador Paulo Lessa – PP – (Presidente da Câmera) em comum acordo com o vereador Joaquim da Silva (Kinka) – PSL – ambos reeleitos na última eleição pela oposição anunciou oficialmente na manhã desta quinta-feira (22), em entrevista ao Jornalista Emanuel Fernandes, o âncora do Jornal da 88, que irão aderir á bancada governista a partir de 2017 do Prefeito eleito de Livramento de Nossa Senhora, Ricardo Assunção Ribeiro “Ricardinho” (Rede). Paulo Lessa relatou que tomou a decisão após uma conversa com o companheiro Kinka, já que a mudança tem como principal objetivo facilitar e fortalecer o trabalho do futuro gestor Ricardinho, visando o bem para a população livramentense. Os parlamentares foram bem recebidos pela bancada da situação. Com a adesão a bancada de situação passa a ter 9 vereadores contra 4 da oposição.


camera

Prefeito Ricardinho e Vice Joanina

Sob a presidência do juiz titular da 101ª Zona Eleitoral, João Lemos Rodrigues, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) realizou na manhã desta segunda-feira (12), na Câmara de Vereadores de Livramento de Nossa Senhora, a sessão solene de diplomação dos candidatos eleitos no pleito de 2016. Foram diplomados os prefeitos e vereadores de Livramento, Dom Basílio, Rio de Contas e Jussiape.

15492237_1170359743019375_2264885857731853796_n

A diplomação é a etapa indispensável para que os candidatos eleitos possam tomar posse nos cargos a que concorreram nas urnas, em nova solenidade a realizar-se no próximo dia 1º de janeiro de 2017.
Um grande público esteve presente no plenário D. Didi Azevedo superlotando as dependências da casa legislativa, evento em que compareceram, também, o promotor de justiça, Miller Castro, representantes dos diversos segmentos da sociedade, o Comandante da 46ª CIPM, Major Irlando Lino Oliveira e o prefeito Paulo César Cardoso de Azevedo acompanhado de sua esposa, a primeira-dama Nete Machado, e a advogada Mona Lisa Trindade, representante da OAB.
Apesar de convidados, mas não compareceram os prefeitos de Jussiape, Dom Basílio e Rio de Contas como também grande parte dos suplentes, além de religiosos das igrejas católica e evangélica.

15439831_1170326479689368_8059956979870322524_n

Em sua fala de abertura do evento o juiz João Lemos Rodrigues agradeceu o empenho do chefe do Cartório Eleitoral, Guilherme Moreira de Souza e destacou os esforços dos demais serventuários. Também parabenizou os candidatos pelo sucesso nos pleitos.
Já no seu discurso, o promotor de justiça Millen Castro ressaltou a maneira como o processo eleitoral foi conduzido, pediu mais transparência para os novos prefeitos em suas gestões, em seguida agradeceu também ao chefe do Cartório e a seus auxiliares.
Millen Castro ressaltou que na comarca de 101ª Zona Eleitoral foi feito de tudo para que o processo eleitoral fosse o mais limpo possível, sem mácula, desde o alistamento até a diplomação, reafirmando que a Justiça Eleitoral agiu com o rigor necessário, com celeridade no julgamento de processos e recursos, para que efetivamente pudesse chegar a este dia da forma mais tranquila possível.


dr-cristiano

Foto: Livramento Manchete

Por seis votos a favor e nenhum contra, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) deferiu o registro da candidatura do prefeito eleito de Rio de Contas, Dr. Cristiano Azevedo (DEM), o fato ocorreu na manhã desta terça-feira (06), após os recursos dos advogados. Com a decisão, os 4.956 mil votos que o democrata recebeu no dia 2 de outubro passam a ser considerados válidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) analise o recurso da frente popular. O caso foi julgado, e Dr. Cristiano pode ser diplomado no dia 12 de Dezembro e assumir a Prefeitura em 1º de janeiro de 2017.


cartorio

O Cartório Eleitoral Zona 101 de Livramento de Nossa Senhora estará de plantão neste domingo (30), o objetivo é facilitar os eleitores fora do domicílio eleitoral para justificar a ausência nas urnas em função das eleições municipais do 2º turno. O horário de expediente é das 08:00h às 17:00h, a medida visa atender às demandas de trabalho e ao cumprimento de prazos legais. O Cartório Eleitoral fica localizado na Avenida José Maria Tanajura, 241, centro.


LULA-2018

Foto: Reprodução

Pesquisa CUT/Vox Populi divulgada na última terça-feira (18), mostra o ex-presidente Lula na liderança das intenções de voto para as eleições presidenciais de 2018. Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados nomes de candidatos, o petista aparece com 28% das intenções de voto, seguido do senador Aécio Neves (PSDB), com 6%;
Marina Silva (Rede), 3%; Fernando Henrique (PSDB), 2%; Joaquim Barbosa (sem partido), 2%; Ciro Gomes (PDT), 1%; e Luciana Genro (PSOL), 0%. Brancos e nulos somam 12%, enquanto 35% não sabem ou não responderam em quem pretendem votar. Já na pesquisa estimulada, quando são apresentados aos entrevistados nomes de presidenciáveis, Lula também lidera com 34%, superando Aécio Neves, 15%; Marina Silva, 11%, Jair Bolsonaro (PP), 7%; e Ciro Gomes, 5%.
A pesquisa foi realizada entre os dias 9 e 13 de outubro. O levantamento ouviu duas mil pessoas do Distrito Federal e de todos os estados brasileiros, exceto Roraima.


Lane Araújo-joanina

Foto: Montagem Livramento Manchete

lane araujo
Milane

Joanina Sampaio assumirá cargo de vice-prefeita que é ocupado pela primeira vez por uma mulher.
Após 24 anos eleitores de Livramento de Nossa Senhora, afinal, elege uma mulher para a Câmara Municipal de Vereadores. A última que tinha assumido um mandato foi Joana Teixeira Pereira, a dona Joana, e agora, foi eleita Milane Alves Araújo Alcântara, que usou como slogan de campanha “Lane, a prima de Batata” e alcançou uma expressiva votação ao obter 1.265 votos, a terceira candidata mais votada no geral nessas eleições de 2 de outubro.
Mas saibam que a primeira mulher eleita como membro na Câmara de Livramento foi Dona Julinda Caires Araújo, sendo também a primeira vereadora mulher da Bahia e a segunda em todo o Brasil. O fato ocorreu quando Dom Basílio, onde ela residia, ainda era distrito de Livramento de Nossa Senhora.

14632952_1106583846063632_3274287046391405768_n
Julinda Caires Araújo / Foto: Reprodução Facebook

De lá para cá também compuseram o Poder Legislativo outras mulheres, como Didi Azevedo e Marlene Meira, sem dúvida um número muito pouco e em datas tão distantes, numa demonstração involuntária de machismo de uma grande maioria do eleitorado livramentense. Segundo o site Âmbito Jurídico, embora haja leis que determinem a obrigatoriedade de mulheres na vida política do país, especialmente no Legislativo, essa participação ainda é tímida, pois, tanto a má qualidade da lei de cotas eleitorais ofertada pelo poder público como a responsabilidade quase que exclusiva das mulheres com os afazeres domésticos, a vida em família, a criação dos filhos etc., faz com que a participação na vida pública ainda seja mais difícil para as mulheres do que para os homens. A igualdade de gênero na política ainda é um sonho distante no Brasil e os mecanismos desenvolvidos pelo poder público para efetivar essa igualdade não têm ofertado os resultados desejados.

519dd09b-d617-4c60-afbc-8b09685c19e1
Joanina Sampaio / Foto: Ailton Oliveira / Livramento Manchete

Também nessas eleições de 2016 foi eleita a primeira mulher vice-prefeita em toda a história política e administrativa de Livramento, a empresária e filantropa em favor da causa de pacientes com câncer Joanina Sampaio, que conquistou o cargo ao compor a chapa majoritária com o candidato eleito Ricardo Assunção Ribeiro (Ricardinho).

Por: Jornalista / Yonélio Sayd.


pesquisa

*Do Folha Regional

Em plena reta final da campanha eleitoral de 2016, o Instituto Folha Regional que há 16 anos atua e circula em Livramento e região apresenta a sua última pesquisa eleitoral para o pleito deste ano.

Segundo levantamento realizado no município de Livramento de Nossa Senhora, entre os dias 25/09 e 29/09, quem deverá sair vitorioso das urnas no próximo domingo (02) será o candidato Ricardinho. De acordo com os números, o prefeito Dr. Paulo Azevedo passará a faixa de prefeito e a chave da cidade para o candidato JOSÉ RICARDO ASSUNÇÃO RIBEIRO, 18 (REDE) da coligação JUNTOS SOMOS MAIS FORTES, que deverá assumir a prefeitura a partir de 1º de janeiro de 2017.

Se a eleição fosse hoje, em quem você votaria para prefeito de Livramento? Espontânea
Resposta
Ricardinho – 18 REDE 55,8%
Emerson Leal – 17 PSL 38,7%
Indecisos 4,5%
Ninguém/Branco/Nulo 1%

OBS.
PESQUISA REALIZADA ENTRE OS DIAS 25/09 E 29/09, COM OS ELEITORES DO MUNICÍPIO DE LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA -BA, PARA AVALIAR AS INTENÇÕES DE VOTOS COM RELAÇÃO AO PLEITO 2016. A PESQUISA ESTÁ REGISTRADA NO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA BAHIA (TRE-BA) COM O NÚMERO BA-03303/2016, FORAM ENTREVISTADOS 766 ELEITORES A MARGEM DE ERRO É DE 3,5% E O NÍVEL DE CONFIANÇA É DE 95%. PESQUISA REALIZADA POR INICIATIVA PRÓPRIA DO JORNAL E INSTITUTO DE PESQUISA FOLHA REGIONAL, PARA INFORMAR A POPULAÇÃO DA REGIÃO.


ADVOGADO DR CLÉIO DINIZ - 00

Foto: Ailton Oliveira / Livramento Manchete

Por Dr. Cléio Diniz / Advogado / Livramento Manchete

Uma fórmula de certa forma até injusta, mas a matemática eleitoral não favorece ao eleitor, porém, imputa a este toda responsabilidade pelo resultado. Então vejamos, a campanha eleitoral dura pouco mais de 01 (um) mês, o momento do voto, da escolha em si, em torno de 01 (um) minuto, mas a escolha feita terá como resultado uma procuração por 04 (quatro) anos para alguém decidir o rumo da administração do governo em que vivemos, e suas decisões terão reflexos por décadas…
Ou seja, na matemática eleitoral ao eleitor é exigido o máximo e qualquer falha trará graves consequências. Ora, dizem os mais velhos que passamos a vida ao lado de uma pessoa e ainda assim não o conhecemos direito, então como fazer isto em tão pouco tempo, ou quase nenhum? A resposta é simples, não precisamos conhecer a pessoa, mas sim o que ele representa, o que ele fez, com quem e no que ele esta envolvido. Neste ponto, a lei da ficha limpa é um tapa na cara dos eleitores, pois transferiu para o poder judiciário, que tem fama de letárgico, a responsabilidade que compete ao eleitor, o qual deveria extirpar da vida pública e política todo candidato que não conseguiu cumprir sua plataforma de governo, ou até mesmo aquele que apresenta plataformas e projetos mirabolantes ou incompatíveis com os cargos pretendidos.
Um processo trabalhoso, mas que permite uma decisão responsável e mais acertável no ato do voto e garante a evolução administrativa do poder público. Não adianta reclamar após uma decisão de voto tomada sem esta análise, tomada com descuido, negligência, ou até mesmo por venda em razão de interesse pessoal momentâneo.
Somente com a evolução social, o desenvolvimento da comunidade que os indivíduos passaram a obter vantagens concretas e benefícios reais e duradouros.