Carta é encontrada em esconderijo do maníaco Lázaro “Muitas pessoas merecem morrer”

Policiais que integram as forças de segurança empenhadas na captura do maníaco Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos, encontraram uma carta abandonada no local onde o criminoso teria usado como esconderijo durante algum tempo, na região de Edilândia, em Goiás. No interior do local, as equipes notaram, sobre a mesa, uma folha de papel A4 com um texto escrito à mão. A operação chegou ao décimo dia nesta sexta-feira (18).
A carta, redigida em tinta de caneta esferográfica vermelha, discorre sobre quem tem o direito de morrer ou de viver. “Muitos que vivem merecem morrer, alguns que morrem merece (sic) viver”, diz o texto. O material foi apreendido e levado para perícia. Os policiais investigam se Lázaro escreveu ou apenas carregava o manuscrito, que replica algumas falas de um personagem da trilogia Senhor dos Anéis.
Curiosamente, foram deixadas algumas frutas, colocadas dentro de cestos de palha, junto da carta. Havia também uma toalha rosa forrando a mesa. Até ser descoberto pela polícia, o casebre teria sido usado como ponto de apoio pelo criminoso. Na mesma área existe uma região de mata ciliar, o que teria facilitado a fuga do autor da chacina.
Carta
No final, o texto faz menção de “outras forças agindo neste mundo, além da vontade do mal”. De acordo com fontes policiais ouvidas pelo Metrópoles, a perseguição ao autor da chacina que tirou a vida de quatro pessoas da mesma família é extremamente difícil em razão da desenvoltura do criminoso no Cerrado.
Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Mais Notícias
Boa noite. Pena que o agressor ja estar solto. Ameaçando os familiares.
Bom dia querido povo dessa cidade linda onde eu nasci meus sentimentos á todos os familiares descanse em paz meu velho amigo que deus conforte o coração de todos sou…
Meus sentimentos a todos familiares e amigos, ela foi minha professora 😢
Isso tudo por falta da sinalização dos quebra molas ,que ainda não foram sinalizados A noite fica impossível enxergar eles.(quebra molas)