Vitoria da Conquista: Ciganos acusados de matarem dois policiais militares, morrem em cerco policial

No final da manhã da última terça-feira (13), uma ação criminosa organizada por seis ciganos, terminou na morte de dois policiais militares da Cipe (Companhia Independente de Policiamento Especializado do Sudoeste), atuantes da 92ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Vitória da Conquista.
Os militares estavam em serviço à paisana, realizando investigações no Distrito de José Gonçalves, zona rural de Vitória da Conquista, quando foram surpreendidos por um grupo de homens que chegaram atirando contra os agentes. Testemunhas afirmaram que os criminosos é um grupo de ciganos. As armas do tenente e do soldado foram levadas pelos meliantes.

Os agentes foram identificados como Soldado PM Robson Brito de Matos, de 30 anos, e o Tenente PM Luciano Libarino Neves, de 34 anos. Ambos eram profissionais dedicados e de reputação ilibada. Após a morte dos militares, diversos comandos de cidades vizinhas da Polícia Militar, com apoio da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Sudoeste), e de outras Companhias Especializadas realizaram diligências urgente e fizeram um cerco na região para capturar os autores da ação delituosa, que teriam fugidos em veículos.
Durante a tarde de ontem, um cigano identificado como Ramon da Silva, morreu em confronto com a polícia no Bairro Lagoa das Flores. Ainda baleado no confronto, Ramon deu entrada na Emergência do Hospital Geral de Vitória da Conquista (HGVC), não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade.
Já na manhã desta quarta-feira (14), mais dois elementos do grupo criminoso também morreram em confronto com as guarnições que fecharam o cerco na região. Ambos foram identificados como Arlan da Silva Matos e Dalvan da Silva Matos, e encontrados no município de Itiruçu, onde foram mortos. O pai dos três acusados também está ferido no hospital, o mesmo foi identificado como Rodrigo da Silva Matos. A polícia aguarda a saída dele para prestar depoimentos na delegacia. As causas de toda essa ação delituosa ainda são desconhecidas. O caso já está sendo investigado pelas autoridades competentes.

 

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Veja Mais Notícias
Boa noite. Pena que o agressor ja estar solto. Ameaçando os familiares.
Bom dia querido povo dessa cidade linda onde eu nasci meus sentimentos á todos os familiares descanse em paz meu velho amigo que deus conforte o coração de todos sou…
Meus sentimentos a todos familiares e amigos, ela foi minha professora 😢
Isso tudo por falta da sinalização dos quebra molas ,que ainda não foram sinalizados A noite fica impossível enxergar eles.(quebra molas)